Geografia

4ºBimestre

ROSANA JATOBÁ

Rosana Jatobá nasceu em Salvador, Bahia, em 16 de janeiro de 1974. Ela é graduada em Direito e em Jornalismo, estudou e se formou na Universidade Federal da Bahia e também foi procuradora do estado da Bahia.

Começou sua carreira em televisão, em 1966, como repórter na TV Bandeirantes,  da Bahia. Em 1999,  transferiu-se para a Bandeirantes de São Paulo.  Nessa emissora ela foi repórter a apresentadora do programa: “Dia a Dia”.

 Seu trabalho teve início com uma matéria que fez para a Faculdade de Comunicação da UFBA, em 1995. Ela e seus colegas foram á Bandeirantes, para entrevistar profissionais da área do jornalismo. E  todos a apreciaram por sua beleza e sua capacidade. E ela foi contratada. 

No ano de 2000, Rosana Jatobá foi contratada pela Rede Globo de Televisão. Começou fazendo comentários de economia, para o “Bom Dia Brasil” e para o “Jornal Hoje”. Depois apresentou o “Globo Rural” e fez reportagens para o “Jornal Hoje”. Depois foi ser apresentadora-suplente do “Bom Dia Brasil”. Atualmente é a apresentadora da “Previsão do Tempo”, para o “SPTV -2ª edição” e para o “Jornal Nacional”. “Faz apresentação, em rodízio, no “SPTV” e ”Jornal Hoje”, aos sábados. É substituta no “SPTV-2ª”.

 

_____________________________________________________________________________

3º Bimestre

Apartheid

O termo apartheid se refere a uma política racial implantada na África do Sul. De acordo com esse regime, a minoria branca, os únicos com direito de voto, detinham todo poder político e econômico no país, enquanto à imensa maioria negra restava a obrigação de obedecer rigorosamente a legislação separatista. 

A política de segregação racial foi oficializada em 1948, com a chegada do Novo Partido Nacional (NNP) ao poder. O apartheid não permitia o acesso dos negros às urnas, além de não poderem adquirir terras na maior parte do país, obrigando os negros a viverem em zonas residenciais segregadas, uma espécie de confinamento geográfico. Casamentos e relações sexuais entre pessoas de diferentes etnias também eram proibidos. 

A oposição ao apartheid teve início de forma mais intensa na década de 1950, quando o Congresso Nacional Africano (CNA), organização negra criada em 1912, lançou uma desobediência civil. Em 1960, a polícia matou 67 negros que participavam de uma manifestação. O Massacre de Sharpeville, como ficou conhecido, provocou protestos em diversas partes do mundo. Como consequência, a CNA foi declarada ilegal, seu líder, Nelson Mandela, foi preso em 1962 e condenado à prisão perpétua.

Nelson Mandela e luta contra o Apartheid

O apartheid, que significa “vida separada”, era o regime de segregação racial existente na África do Sul, que obrigava os negros a viverem separados. Os brancos controlavam o poder, enquanto o restante da população não gozava de vários direitos políticos, econômicos e sociais.

Ainda estudante de Direito, Mandela começou sua luta contra o regime do apartheid. No ano de 1942, entrou efetivamente para a oposição, ingressando no Congresso Nacional Africano (movimento contra o apartheid). Em 1944, participou da fundação, junto com Oliver Tambo e Walter Sisulu, da Liga Jovem do CNA.

Durante toda a década de 1950, Nelson Mandela foi um dos principais membros do movimento anti-apartheid. Participou da divulgação da “Carta da Liberdade”, em 1955, documento pelo qual defendiam um programa para o fim do regime segregacionista.

Mandela sempre defendeu a luta pacífica contra o apartheid. Porém, sua opinião mudou em 21 de marco de 1960. Neste dia, policiais sul-africanos atiraram contra manifestante negros, matando 69 pessoas. Este dia, conhecido como “O Massacre de Sharpeville”, fez com que Mandela passasse a defender a luta armada contra o sistema.

Em 1961, Mandela tornou-se comandante do braço armado do CNA, conhecido como “Lança da Nação”. Passou a buscar ajuda financeira internacional para financiar a luta. Porém, em 1962, foi preso e condenado a cinco anos de prisão, por incentivo a greves e viagem ao exterior sem autorização. Em 1964, Mandela foi julgado novamente e condenado a prisão perpétua por planejar ações armadas.

Mandela permaneceu preso de 1964 a 1990. Neste 26 anos, tornou-se o símbolo da luta anti-apartheid na África do Sul. Mesmo na prisão, conseguiu enviar cartas para organizar e incentivar a luta pelo fim da segregação racial no país. Neste período de prisão, recebeu apoio de vários segmentos sociais e governos do mundo todo.

Com o aumento das pressões internacionais, o então presidente da África do Sul, Frederik de Klerk solicitou, em 11 de fevereiro de 1990, a libertação de Nelson Mandela e a retirada da ilegalidade do CNA (Congresso Nacional Africano). Em 1993, Nelson Mandela e o presidente Frederik de Klerk dividiram o Prêmio Nobel da Paz, pelos esforços em acabar com a segregação racial na África do Sul.

 ____________________________________________________________________________________

2º Bimestre

Sustentabilidade

Podemos dizer que sustentabilidade é um conceito que promove a exploração de áreas ou o uso de recursos planetários (naturais ou não) tentando prejudicar o menos possível o equilíbrio entre o meio ambiente e as comunidades humanas e toda a biosfera que depende dele para viver. Pode parecer uma idéia difícil de ser implementado e, em muitos casos, economicamente inviável, mas não é bem assim. Mesmo nas atividades humanas altamente impactantes no meio ambiente como a mineração; a extração vegetal, a agricultura em larga escala; a fabricação de papel e celulose e todas as outras; a aplicação de práticas sustentáveis nesses empreendimentos; revelou-se economicamente viável e em muitos deles ajudou financeiramente.

  

 E é explorando e extraindo recursos que a possibilidade de recuperação das áreas degradadas será mais eficaz, isso é o ideal para que a sustentabilidade seja uma prática com sucesso e aplicada com muito mais freqüência aos grandes empreendimentos. Preencher as necessidades humanas de recursos naturais e garantir a continuidade da biodiversidade local; além de manter, ou melhorar, a qualidade de vida das comunidades que estão na área de extração desses recursos. Seriedade e o acompanhamento das autoridades e entidades ambientais, como assegurar instrumentos fiscalizatórios e punitivos eficientes, darão ao conceito de sustentabilidade uma forma e idéias á formadores de opiniões ainda muito maiores do que já existe nos dias de hoje.

Garantir a sustentabilidade de um projeto ou de uma região determinada é garantir que mesmo explorada essa área continuará com recursos e bem estar econômico e social para as comunidades. Mantendo a força e a capacidade de regenerar-se mesmo com ação contínua e a humanidade.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________

1º Bimestre

Conflito Norte e Sul

Muitos têm dito com atenção que a nossa ordem mundial é a vitória do capitalismo e da democracia. Alguns argumentavam que o modelo político e econômico estabelecido pelos Estados Unidos se tornaria dominantes a tal ponto que não haveria mais conflitos. Que houve uma vitória norte-americana sobre a União Soviética não podemos negar. Mas até mesmo os vencedores apresentam vários problemas econômicos, como por exemplo: elevado déficit público e elevado endividamento interno e externo; isso em parte se deve a corrida armamentista.

Assim não devemos nos apressar ao afirmar que o capitalismo o melhor que o socialismo. É preciso primeiro avaliar: melhor para quem?

É bem claro que o capitalismo é mais dinâmico e competitivo. Não podemos nos esquecer porem, de que os países subdesenvolvidos, com exceção da Coréia do Norte, Cuba e Vietnã são todos capitalistas. Muitos problemas no mundo foram criados pelo sistema capitalista, como o aumento da pobreza, desemprego e concentração e estes aumentam em todo mundo.

Um dos problemas mais sérios é a desigualdade social. Este problema vem se agravando até mesmo em países desenvolvidos. Com o aumento da incorporação de novas tecnologias no processo produtivo, a oferta tem diminuído e isso contribui e muito para se empobrecer a população. Também é cada vez maior o buraco que separa os países ricos dos pobres. Esse é o chamado conflito norte x sul, que é de natureza econômica, é não geopolítica, como era o caso do conflito leste x oeste.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: